Você está aqui Mundo Europa  

Rússia identifica mentor por trás do ataque no metrô de São Petersburgo

Quinta, 20 Abril 2017  vanda de carvalho

O Serviço de Segurança Federal da Rússia (FSB), antigo KGB, identificou o mentor que orquestrou o ataque que matou 14 pessoas no metro de São Petersburgo no dia 3 deste mês, informaram agências de notícias russas nesta quinta-feira.

"Ele foi provisoriamente identificado. Sim, sim, identificado", afirmou o diretor do FSB, Alexander Bortnikov.

Até o momento a polícia deteve 10 pessoas suspeitas de estar envolvidas no ataque.

Nesta quarta-feira, funcionários da agência de Inteligência russa mataram dois homens provenientes da Ásia Central suspeitos de preparar atentados em Vladimir, uma cidade turística situada 200 km a leste de Moscou. Segundo o FSB, os homens tinham contato com terroristas internacionais e resistiram à prisão. Esta operação ocorreu duas semanas depois de um atentado ao metrô de São Petersburgo.