Você está aqui Mundo Africa  

Confronto entre milícia e manifestantes deixa 3 mortos em Benghazi

Sábado, 22 Setembro 2012  Sammy de Jesus

Ao menos três pessoas morreram e outras 24 ficaram feridas em combates entre manifestantes armados e uma milícia ligada ao ministério da Defesa na cidade líbia de Benghazi, informou o hospital Al-Hawari.

"Três pessoas morreram e temos 24 feridos", disse à AFP um médico do hospital, que pediu para não ser identificado.

Centenas de pessoas, incluindo vários homens armados, atacaram o quartel-general da brigada Raf Allah Al Sahati, grupo islâmico ligado ao ministério da Defesa.

Os combates incluíram fuzis de assalto e foguetes e duraram cerca de duas horas, até a milícia islâmica decidir abandonar seu QG, constatou a AFP.

Os manifestantes ocuparam a instalação militar, situada em um sítio na região de Hawari, 15 km do centro de Benghazi, saqueando armas, munições e material de informática.

Horas antes, centenas de manifestantes haviam expulsado o grupo salafista Ansar al-Sharia de seu quartel-general no centro de Benghazi, incendiando o prédio.

O grupo Ansar al-Sharia era acusado de ser o responsável pelo ataque ao consulado americano que deixou quatro mortos, incluindo o embaixador dos Estados Unidos na Líbia, Chris Stevens, no dia 11 de setembro passado.