Você está aqui Mundo Africa  

Arrancou campanha para legislativas no Senegal

Segunda, 10 Julho 2017  vanda de carvalho

Arrancou este domingo a campanha para as eleições legislativas no dia 30 de Julho no Senegal. Uma campanha marcada por uma inflação de 47 listas de partidos ou alianças e que vai durar até 28 de julho. Uma dessas listas é liderada pelo antigo presidente Abdulaye Wade, com a idade de 91 anos. 

Começou este domingo, (9) a campanha para as eleições legislativas de 30 de Julho no Senegal, marcada, por um número recorde, de 47 listas.

A campanha vai durar até 28 de Julho, segundo a Comissão eleitoral Nacional, encarregada da supervisão do escrutínio de 30 de Julho.

O antigo presidente, Abdoulaye Wade, com a idade de 91 anos, vai liderar uma lista da oposição de que faz parte o seu partido democrático senegalês, PDS.

Outra figura destacada, Khalifa Sall, ex-presidente da câmara municipal da capital, Dacar, vai chefiar, também, uma dessas 47 listas de partidos e alianças.

Só que no caso de Khalifa Sall, não é tão evidente, já que se encontra na prisão a cumprir pena por crime de peculato.

Os seus advogados, pediram à justiça senegalesa que lhe seja concedida liberdade provisória para poder concorrer a estas legislativas.

Duma maneira geral a oposição, concorre, apresentando, como cabeça de lista os seus principais líderes, na tentativa de ganhar as legislativas e impor uma coabitação ao presidente, Macky Sall.

Por seu lado, o actual poder quer que este escrutínio de 30 de julho seja um teste às eleições presidenciais de 2019.