Você está aqui Angola Sociedade  

TS chumba pedido de clarificação da suposta carta do Vice-presidente da República

Quinta, 07 Fevereiro 2019  vanda de carvalho

A audiência desta Quarta-feira ficou marcada com a leitura da acta do interrogatório da ré Celeste de Brito e traduzida para o inglês, para que, os réus estrangeiros tomassem conhecimento das declarações da empresária angolana, que entretanto, é uma peça chave no processo burla à tailandesa.

A solicitação do Advogado Sérgio Raimundo de chamar ao Tribunal Supremo o instrutor Orlando, do Serviço de Investigação Criminal, foi chumbada pelo colectivo de juízes do caso Burla à Tailandesa.

Nesta terça-feira, Sérgio Raimundo pediu a presença do Instrutor do SIC, pelo facto de durante a audição a ré Celeste de Brito ter dado a entender que quem lhe apresentou a suposta carta com a alegada assinatura do Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa foi o referido instrutor, que de acordo com Sérgio Raimundo, terá extraído da internet.

Escute: Repórter Salgueiro Vicente- Burla Tailandesa decorre julgamento