Você está aqui Angola Economia  

Autoridades angolanas confirmam o regresso dos 500 milhões USD

Terça, 10 Abril 2018  vanda de carvalho

Os quinhentos milhões de dólares norte-americanos que haviam sido transferidos ilegalmente do Banco Nacional de Angola (BNA) para o exterior, já se encontram em posse desta instituição, lê-se numa nota de imprensa do Ministério das Finanças.

De acordo com o  comunicado, as autoridades angolanas mantêm-se empenhadas na recuperação da totalidade dos valores pagos, no âmbito da estruturação da referida operação financeira, nomeadamente, a recuperação de 24,85 milhões de euros, indevidamente transferidos para a conta da empresa Mais Financial Services, resultante de uma prestação de serviços não realizada.

Desta feita, o Executivo angolano agradece às autoridades britânicas e a todos aqueles que de alguma forma contribuíram para a recuperação destes recursos públicos, que neste momento difícil muita falta fazem à economia do país.

O processo continua a correr os seus trâmites na Procuradoria-geral da República (PGR) que face à gravidade dos factos e no quadro das suas competências actuará em conformidade com a Lei”, lê-se na nota.

O comunicado esclarece os contornos da operação, referindo que, no decorrer do ano de 2017,  a empresa Mais Financial Services administrada pelo cidadão angolano Jorge Gaudens Pontes , auxiliado por José Filomeno dos Santos, ex-presidente do  Fundo Soberano de Angola propôs ao Executivo a constituição de um Fundo de Investimento Estratégico que mobilizaria USD 35 mil milhões de dólares para o financiamento de projectos considerados estratégicos para o país.